Crie um resumo de qualificação profissional no currículo!

Publicidade:

Primeiramente, cada vez mais, a qualificação profissional se torna mais importante, portanto, é fundamental colocar no currículo.

Hoje, é possível colocar o currículo em agências de emprego via internet, a perspectiva de currículo como primeira impressão ganha ainda mais força.

Publicidade:

Isso deve-se ao fato de que, além de primeira impressão, este documento pode ser a única forma de se apresentar para uma empresa.

Portanto, é preciso escolher bem o que preencherá sua representação e, nesse artigo, mostraremos como criar um resumo de qualificação ideal para seu objetivo.

O idioma inglês no currículo é importante?

O que é um resumo de qualificação profissional?

Para as pessoas nas quais estão em processo de construção do currículo, é fundamental entender o conceito do resumo de qualificação profissional. Basicamente, a qualificação profissional consiste nas características mais relevantes a fim de se colocar no documento e é imprescindível reconhecê-las de modo a ter um documento bem feito e bem avaliado. Abaixo seguem algumas dicas de como construir uma síntese ideal.

Publicidade:
qualificação profissional

Dicas de um bom resumo de qualificação profissional

Primeiramente, o currículo é a primeira impressão, então qual é a imagem inicial que você gostaria que alguém do ramo profissional tivesse de você? Seu objetivo profissional, suas habilidades, experiências… Essas são opções a fim de apresentar no documento. Contudo, nossa sugestão é de trazer o objetivo por primeiro na ordem, pois, o recrutador verá suas reais intenções. Seja sincero e pense alto e não deixe de escrever de qual forma você poderia alcançar esse objetivo enquanto contribui para o crescimento da empresa.

Tente mostrar suas habilidades e qualidades! Após demonstrar sua meta, explicite as habilidades e qualificação profissional onde podem te ajudar a conquistar esse objetivo e te agregam positivamente de modo a efetuar os deveres do cargo em questão de maneira exemplar. Atenção: não exagere nas habilidades e não cite características físicas a menos que a vaga requisite. Sendo assim, tente manter um modelo genérico atualizado e o adapte a parte de qualificação profissional de acordo com a vaga almejada.

Dessa forma, pode-se expor diferentes habilidades nas quais podem ser úteis para um cargo do que outro e não encherá de informações a parte de qualificação profissional. Desse modo também, se atente à escrita do português, revise a fim de não cometer erros e mantenha o documento formatado. Esses são aspectos nos quais os recrutadores consideram básicos, principalmente se você diz ter conhecimento em plataformas como o Microsoft Word. Portanto, não verifique a ortografia apenas na parte de qualificação profissional, mas em todo o documento.

Faça algo diferente!

Foi-se o tempo onde o currículo precisava ser algo 100% textual e engessado. Dependendo da área de atuação, é possível brincar muito com o modelo deste documento, mas sem perder o profissionalismo. Se sua área permite uma maior liberdade no momento de criar aspectos gráficos e até textuais, então abuse disso, certamente será um diferencial. Contudo, caso não pense em nenhuma descontração, tente usar marcadores, designs básicos do Word ou o outro no qual consiga fazer a fim de manter a seriedade e ainda assim sair na frente com um modelo menos padronizado. Demonstrando sempre, com clareza a sua qualificação profissional.

O que mais colocar?

Sendo assim, conforme já vimos, aplicar habilidades voltadas à vaga onde está se candidatando se torna um fator potencial no processo seletivo. Agora, é necessário perceber como as experiências contam tanto quanto ou ainda mais sobre a sua qualificação profissional. Dessa forma, caso esteja em busca do primeiro emprego, tente perceber quais experiências da sua vida te ajudariam a decolar na carreira profissional. Por exemplo: participou de um projeto na escola e vendeu artesanato a fim de angariar fundos e ajudar alguma instituição. Isso pode se tornar um ponto forte em uma vaga de vendas, além de demonstrar uma noção sobre o cargo da vaga. Pense fora da caixinha!

Além disso, seu conhecimento vale ouro. Destaque os cursos realizados, conhecimentos em softwares, idiomas, suas conquistas e engajamentos voluntários, sem exagerar. E não esqueça de apresentar o nível de escolaridade mais recente. Dessa forma, o recrutador terá ideia da sua qualificação profissional e habilidades. Portanto, esteja atento ao mercado de trabalho e os recrutadores querem e em caso de ser chamado para entrevistas e ter a liberdade de perguntar, peça um feedback sobre o seu modelo e aspectos a melhorar nele.

Busque sempre aprendizagens e experiências, como cursos e palestras, nas quais contribuam com o resumo de qualificação profissional tendo em vista o enriquecimento do mesmo e o seu objetivo de carreira. Boa sorte na sua jornada. Portanto, essas são algumas dicas de como preencher a qualificação profissional. Agora, quando encontrar alguma vaga no LinkedIn, já sabe a melhor forma de preencher a qualificação profissional. Se esse artigo lhe ajudou de alguma forma, compartilhe com seus amigos, eles podem precisar dessas informações e continue acompanhando nosso Blog.

Aprenda a preencher um Currículo Funcional!

Por Redação em 23/01/2021